23ª: NA FLOR DA IDADE / OFICINA DE VITÓRIAS RÉGIAS
- (des)dobraduras de si

Assista o vídeo de registro da ação - oficina, performance e instalação artística
carrinho do Zona Aberta do MAM com os materiais do Projeto Performanciã
fotografia: Fabio Souza /MAM Rio
fotografia: Fabio Souza /MAM Rio
entregas
fotografia: Fabio Souza /MAM Rio  @fabinhodesouzafotografo
fotografia: Fabio Souza /MAM Rio
fotografia: Fabio Souza /MAM Rio
todas as idades celebrando a Semana Internacional da Pessoa Idosa, refletindo sobre os trajetos da v
Buda, o cão-performer visitando a ação NA FLOR DA IDADE
fotografia: Fabio Souza /MAM Rio
fotografia: Fabio Souza /MAM Rio
fotografia: Fabio Souza /MAM Rio
fotografia: Fabio Souza /MAM Rio
fotografia: Fabio Souza /MAM Rio
o vento levando de um lado para o outro
reuniões
Ana Raquel, parceira da ação NA FLOR DA IDADE
na flor da idade
na flor da idade
na flor da idade
totem MAM
FLOR DE LÓTUS
VITÓRIA RÉGIA
Clique nas fotos acima para visualizar os registros da ação.

A oficina performativa NA FLOR DA IDADE foi realizada no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM), no projeto ZONA ABERTA e tem como desdobramento uma performance relacional e intervenção artística coletiva nos lagos dos jardins do MAM. A ação teve duas entradas na programação e é uma celebração à vida e uma comemoração à Semana Internacional da Pessoa Idosa, em uma iniciativa de parceria com a Secretaria Municipal de Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida (RJ).

AÇÃO: 

No dia 2 de outubro de 2021, o Projeto Performanciã realizou nos jardins do MAM, no projeto ZONA ABERTA a oficina NA FLOR DA IDADE, celebrando o dia da pessoa idosa (1/10) a partir de um espaço de criação de técnicas de (des)dobraduras e florescimentos: a flor de lótus e a vitória régia como símbolos de reflexão e celebração do envelhecimento. A ação intergeracional atendeu a um público +60 e também de outras faixas etárias nessa reflexão sobre superações de vida e futuras vitórias na vida. Como formato de oficinas e ações futuras, NA FLOR DA IDADE atende tanto a diversos públicos como o específico +60, em oficinas exclusivas.

Entre manhã e tarde, a flor de lótus é ensinada em seu passo a passo como modo de pensamento sobre as dificuldades superadas na vida, já que a flor de lótus é conhecida por vencer camadas de lama nos lagos pantanosos e florescer como uma das flores mais belas e peculiares da natureza. 

Posteriormente, a oficina se dedica ao aprendizado da dobradura da vitória régia, remetendo àquilo se deseja conquistar ainda na vida, como celebração das vitórias que temos e das que virão - o que há de régio em nosso caminho!

Os participantes escrevem suas experiências e intenções nos papeis com os quais serão feitas as dobraduras, passam pelo processo de aprendizado na oficina e, por fim, realizam uma oferenda aos lagos do MAM como uma realização artística coletiva e como uma metáfora para o que entregamos à natureza como intenção de dar o nosso melhor em nossa existência. 

A mediação da ação é realizada por Marcelo Asth, a assistência na facilitação foi feita por Ana Raquel e os registros, o vídeo e a edição são do Pedro Pedrosa. Para o nosso álbum de fotos deste dia, também contamos com registros do Fabio Souza, fotógrafo do MAM RIO (@fabinhodesouzafotografo)

Agradecemos a equipe do ZONA ABERTA do MAM e a Secretaria Municipal de Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida por essa parceria e pelo incentivo à criação de ações do Projeto Performanciã.

A partir dessa atividade, foi criada uma nova oficina, a Oficina Performática de Vitórias Régias, dentro da programação de férias do Museu do Amanhã, sendo realizada em 18 de dezembro de 2021 e em todos os sábados de fevereiro de 2022. O mote da oficina parte da lenda indígena sobre a criação da vitória régia e uma reflexão sobre nossos impulsos, desejos, paixões e mergulhos para pensarmos em nossas vitórias. Ao final da oficina, que compõe a programação da exposição FRUTUROS - Tempos Amazônicos, os participantes seguem em cortejo pelo museu ao som do instrumento kailani, até chegarem ao espaço externo do Museu, onde realizam as oferendas de suas vitórias ao espelho d'água do Museu do Amanhã, colaborando para uma instalação artística coletiva.

 

Os registros da OFICINA DE VITÓRIAS RÉGIAS, que é uma oficina para maiores de 12 anos, podem ser vistos a seguir:

 

 

cortejo das vitórias!
Oficina Performática de Vitórias Régias
Oficina Performática de Vitórias Régias
Oficina Performática de Vitórias Régias
Oficina Performática de Vitórias Régias
Oficina Performática de Vitórias Régias
Oficina Performática de Vitórias Régias
Oficina Performática de Vitórias Régias
Oficina Performática de Vitórias Régias
Oficina Performática de Vitórias Régias
Oficina Performática de Vitórias Régias
Oficina Performática de Vitórias Régias
Oficina Performática de Vitórias Régias
Oficina Performática de Vitórias Régias
Oficina Performática de Vitórias Régias
Oficina Performática de Vitórias Régias
Oficina Performática de Vitórias Régias
Oficina Performática de Vitórias Régias
Oficina Performática de Vitórias Régias
Oficina Performática de Vitórias Régias
Oficina Performática de Vitórias Régias
Oficina Performática de Vitórias Régias
Oficina Performática de Vitórias Régias
Oficina Performática de Vitórias Régias
Oficina Performática de Vitórias Régias
Oficina Performática de Vitórias Régias