6ª: PARADA OBRIGATÓRIA!

saindo da Oficina para as ruas
DSC02989
cortejo pela Tijuca
como dar visibilidade a uma questão?
fila de senhoras em cortejo
como parar um ônibus?
visibilidade
performanciã parando o ônibus!
Performance, debate, informação

clique nas imagens para visualizá-las em tamanho ampliado e com descrição

 Quinze senhoras que participam da Oficina de Performance e Envelhecimento  - oferecida durante dois meses pelo PROJETO PERFORMANCIÃ ao  Grupo Renascer -, protestaram criativamente as suas questões, chamando visualmente a atenção de todos os motoristas que param ou não param para os idosos nos pontos de ônibus.

Como uma performance consegue parar um ônibus?  

AÇÃO:

dia 2 de junho de 2014, realizada no ponto de ônibus em frente ao Hospital Gaffrée e Guinle, na Tijuca.

 

No primeiro momento da ação, cerca de 15 senhoras, vestidas com fantasias de carnaval, esplendor, colares havaianos, roupas coloridas e estampadas e adereços chamativos, em geral, saíram do Hospital Gaffrée e Guinle em uma caminhada marcada pelo toque alongado de um tambor do divino, tocado por mim (com uma máscara de macaco para cobrir o único rosto jovem presente na ação), semelhante ao toque e de um cortejo fúnebre, num clima de seriedade. A fila de senhoras, antes de reivindicar seus direitos, passou por algumas quadras próximas ao hospital, despertando o interesse dos transeuntes, moradores e lojistas. Assim, iam despertando a Rua Mariz e Barros, através do estranhamento da ação.

Logo após, as senhoras chegaram ao ponto de ônibus para cumprir o objetivo da ação.

Dando sinal para a parada obrigatória do ônibus, uma senhora de cada vez entregava para o motorista um papel informativo que trazia artigos do Estatuto do Idoso (sobre o direito de ir e vir gratuitamente na cidade e penas que podem sofrer os que desrespeitam essas leis), além de notícias sobre detenções e multas de motoristas das linhas de ônibus cariocas, por desrespeito aos idosos e por não pararem nos pontos de ônibus para elas. 

A cada ônibus parado, uma festa. O toque do tambor do divino se transformava em um grande compasso carnavalesco. Ao todo, foram parados cerca de 30 ônibus para a distribuição do informativo.

Os motoristas que pararam e aceitaram a entrada das senhoras entregando os informativos, foram aplaudidos e ovacionados com alegria e gratidão! 

O ponto de ônibus em frente ao Grupo Renascer - Programa de Extensão acadêmica da UNIRIO que conta com mais de 300 idosos inscritos e funciona no Hospital Gaffrée e Guinle - é onde os motoristas quase nunca param, exatamente por estar sempre repleto de idosos que saem de suas atividades... mesmo com essa ação, quatro ônibus não pararam - foram vaiados pelas performers.

 PARADA OBRIGATÓRIA! - ação desenvolvida pelas senhoras participantes da Oficina a partir de debates das rodas de conversa sobre envelhecimento - é uma ação política que visa debater essa questão, não necessariamente resolver a questão. Os projetos de Arte Socialmente Engajada visam gerar visibilidade para questões sociais através da ação artística, ampliando o debate de uma comunidade para reverberar na sociedade. Os espectadores dessa performance eram transeuntes das ruas, funcionários de lojas, moradores nas janelas de seus prédios, passageiros e motoristas de ônibus, pessoas esperando ônibus.

   © 2013 | 2020      PROJETO PERFORMANCIà